00:0000:00
CD Hinos Brasileiros

Clique aqui para
baixar o CD integral
e o encarte!
 
 
Patrocinador da gravação do CD


Músicas:

01. Hino Nacional Brasileiro - versão instrumental

02. Hino Nacional Brasileiro - versão com coro

03. Hino da Independência

04. Hino da Bandeira Nacional

05. Hino da Proclamação da República

A Osesp e a revista Nova Escola disponibilizam os hinos brasileiros gravados pela Osesp sob regência do maestro John Neschling. O download é gratuito e também é possível baixar o encarte para montar o CD.

No site da Nova Escola, professores ainda encontram um plano de aula exclusivo para trabalhar os hinos com seus alunos.

Aproveite essa contribuição da Osesp e da Nova Escola com a educação no Brasil.
00:0000:00
CD Hinos Brasileiros
  
Clique aqui para
baixar o CD integral
e o encarte!
 
 
Patrocinador da gravação do CD


Músicas:
01. Hino Nacional Brasileiro - versão instrumental
02. Hino Nacional Brasileiro - versão com coro
03. Hino da Independência
04. Hino da Bandeira Nacional
05. Hino da Proclamação da República

A Osesp e a revista Nova Escola disponibilizam os hinos brasileiros gravados pela Osesp sob regência do maestro John Neschling. O download é gratuito e também é possível baixar o encarte para montar o CD.

No site da Nova Escola, professores ainda encontram um plano de aula exclusivo para trabalhar os hinos com seus alunos.

Aproveite essa contribuição da Osesp e da Nova Escola com a educação no Brasil.
00:0000:00
CD Hinos Brasileiros
 
Clique aqui para
baixar o CD integral
e o encarte!
 
 
Patrocinador da gravação do CD


Músicas:

01. Hino Nacional Brasileiro - versão instrumental

02. Hino Nacional Brasileiro - versão com coro

03. Hino da Independência

04. Hino da Bandeira Nacional

05. Hino da Proclamação da República

A Osesp e a revista Nova Escola disponibilizam os hinos brasileiros gravados pela Osesp sob regência do maestro John Neschling. O download é gratuito e também é possível baixar o encarte para montar o CD.

No site da Nova Escola, professores ainda encontram um plano de aula exclusivo para trabalhar os hinos com seus alunos.

Aproveite essa contribuição da Osesp e da Nova Escola com a educação no Brasil.
00:0000:00
CD Hinos Brasileiros

Clique aqui para
baixar o CD integral
e o encarte!
 
 
Patrocinador da gravação do CD


Músicas:

01. Hino Nacional Brasileiro - versão instrumental

02. Hino Nacional Brasileiro - versão com coro

03. Hino da Independência

04. Hino da Bandeira Nacional

05. Hino da Proclamação da República

A Osesp e a revista Nova Escola disponibilizam os hinos brasileiros gravados pela Osesp sob regência do maestro John Neschling. O download é gratuito e também é possível baixar o encarte para montar o CD.

No site da Nova Escola, professores ainda encontram um plano de aula exclusivo para trabalhar os hinos com seus alunos.

Aproveite essa contribuição da Osesp e da Nova Escola com a educação no Brasil.
00:0000:00
CD Hinos Brasileiros
 
Clique aqui para 
baixar o CD integral
 e o encarte!

 
Patrocinador da gravação do CD


Músicas:

01. Hino Nacional Brasileiro - versão instrumental

02. Hino Nacional Brasileiro - versão com coro

03. Hino da Independência

04. Hino da Bandeira Nacional

05. Hino da Proclamação da República

A Osesp e a revista Nova Escola disponibilizam os hinos brasileiros gravados pela Osesp sob regência do maestro John Neschling. O download é gratuito e também é possível baixar o encarte para montar o CD.

No site da Nova Escola, professores ainda encontram um plano de aula exclusivo para trabalhar os hinos com seus alunos.
Aproveite essa contribuição da Osesp e da Nova Escola com a educação no Brasil.
00:0000:00
A origem do violão; a introdução do violão no Brasil; como iniciou na carreira Fábio Zanon, um dos violonistas brasileiros mais destacados da atualidade em entrevista ao maestro John Neschling, logo após a apresentação em que ambos interpretaram o Concerto para Violão de Francisco Mignone.
00:0000:00
Osesp

John Neschling regente


Robert Schumann
I Ziemlich langsam – lebhaft (attaca)

III Scherzo (attaca)

IV Lebhaft

Gravado ao vivo em março de 2006 na Sala São Paulo

foto: Archiv für Kunst und Geschichte
“Clara, hoje estou no sétimo céu. Uma sinfonia de Franz Schubert [a Grande, em dó maior] foi tocada no ensaio [da Orquestra da Gewandhaus]. Os instrumentos soam como vozes humanas (.) Senti-me inteiramente feliz, e só desejei duas coisas: que você seja minha mulher e que eu possa escrever sinfonias como esta”.

A carta foi escrita por Robert Schumann à sua amada Clara Wieck em 11 de dezembro de 1839. Ele realizou seus dois desejos nos dois anos seguintes: em setembro casou-se com Clara, mesmo contra a vontade do pai dela; e em 1841 embrenhou-se no mundo orquestral com êxito: escreveu a Sinfonia nº 1, Op.38; a Abertura, Scherzo e Finale, Op.52; e a Fantasia para Piano e Orquestra, que depois se tornou o primeiro movimento de seu Concerto para Piano, Op.54.

Clara, a notável pianista que também encantaria outro jovem compositor, Johannes Brahms, foi a grande responsável por estimular Schumann em sua aventura sinfônica. Em janeiro de 1839 —dez meses antes de Schumann ouvir a sinfonia de Schubert que o siderou—, ela escrevia: “Querido Robert, sua imaginação e seu espírito são grandes demais para o piano”.

No momento em que Schumann se iniciou neste gênero, compor uma sinfonia significava confrontar-se com os fantasmas de Beethoven e Schubert. Ou seja, com a intensa dramaticidade do primeiro, e com o lirismo do segundo —duas características que Schumann trata de reproduzir nesta sinfonia.

Do ponto de vista estrutural, a Sinfonia em ré menor pouco se assemelha ao que até então era praticado. Trata-se mais de uma “fantasia sinfônica com vários temas”, segundo a feliz expressão de John Daverio, autor de um estudo recente e agudo sobre o compositor. Até porque Schumann deu ordens expressas para os cinco movimentos serem executados sem interrupções, interligados (no ano seguinte, Mendelssohn escreveria sua Sinfonia Escocesa, também com os movimentos interligados). O próprio Schumann, aliás, intitulou-a alternadamente de ‘Sinfonia’ ou ‘Fantasia’ com o subtítulo Fantasia sinfônica para Grande Orquestra.

Os temas circulam pela obra livremente, tal como sistematizou mais tarde César Franck no princípio cíclico. O tema principal em forma de arabesco do início, por exemplo, reaparecerá no finale; o cantabile da introdução lenta surge como melodia subsidiária no romanze.

Emocionalmente, esta Sinfonia é também mais uma declaração de amor para Clara, pois apresenta ecos do Concerto para Piano dela. Foi, de fato, um dos mais belos presentes no 22º aniversário de sua amada.

João Marcos Coelho é jornalista e crítico musical.
00:0000:00
Osesp

John Neschling regente


John Neschling

Gravado ao vivo em agosto de 2002 na Sala São Paulo

Comentário do diretor artístico e regente titular John Neschling

A valsa Olha a Lua é apresentada por seu compositor durante ensaio aberto para a Turnê Estados Unidos 2002. Com parceria de Geraldo Carneiro, foi escrita em 1979 para o musical Lola Moreno. Na peça encenada no Rio de Janeiro, estrelavam Lucélia Santos, Ney Latorraca, Grande Otelo e outros atores que despontavam no teatro brasileiro, como Cláudia Gimenez e Diogo Vilela.

Posteriormente, Olha a Lua foi gravada em concerto com participação de Luciana Souza e da Banda Mantiqueira, lançado em CD pelo selo Biscoito Fino.